Crenças, verdade e poder

A resposta para a pergunta do post anterior é: Friedrich Engels, em carta a Vera Sassoulitch. Curioso, não? Assim, descontextualizado, o trecho parece bem anti-revolucionário. Não sei o contexto, encontrei-o em Auto-engano, de Eduardo Gianetti, livro que recomendo fortemente.

………………

Acreditar em si mesmo é uma condição necessária para que o homem almeje e consiga alcançar alguma coisa na vida pública (por exemplo, política). Almejar porque se ele não estiver convicto de si e de suas crenças, não encontrará a motivação necessária para pagar os custos da empreitada. Conseguir porque as pessoas que não acreditam fortemente em si e em suas crenças têm maior dificuldade em convencer outras pessoas de que a sua causa é a certa. O bom mentiroso é aquele que acredita em sua própria mentira.

Por outro lado, crenças podem, e normalmente são, obstáculos para buscar a verdade. Isso porque resistimos em dar o devido crédito a argumentos que vão de encontro ao que acreditamos. A luz da crença, ao mesmo tempo que nos aquece, nos cega.

Se é assim, então o mais provável é que as pessoas que estão por aí advogando causas na vida pública estejam cegas. Não que elas estejam necessariamente erradas, mas cegas. Normalmente, é impossível discutir honestamente com outras pessoas acerca de coisas que lhe são caras.

Por fim, como não podemos conhecer a verdade a priori (possivelmente nem mesmo a posteriori), e como temos uma tendência a acharmos que conhecemos a verdade, é necessário limitar o poder das pessoas de imporem a sua verdade sobre os outros, mesmo que ao cabo a sua verdade seja *a verdade*.

Tags: , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: