Lula e a tal política anti-cíclica

Nosso presidente (ou seu ghost writer), hoje, no Financial Times:

But, above all, I hope for a world free of the economic dogmas that invaded the thinking of many and were presented as absolute truths. Anti-cyclical policies must not be adopted only when a crisis is under way. Applied in advance – as they have been in Brazil – they can be the guarantors of a more just and democratic society.

Fica parecendo que os economistas que defendem políticas anti-cíclicas só o fazem durante períodos recessivos. Mas é justamente o contrário! Na bonança, governos em geral não se preocupam em utilizar a política fiscal de forma anti-cíclia, ou seja, poupando. Não, nestes períodos o gasto público cresce bem mais rápido que o PIB. Aí, quando a crise vem, o que eles fazem? Continuam gastando. 

Ao que eu me lembre, os dogmas econômicos (que não invadiram o pensar de muitos) alertavam justamente para o caráter fortemente pró-cíclico dos gastos do governo…

ps: Política anti-cílica garantem sociedades mais justas e democráticas? O que nosso presidente entende por política anti-cíclica?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: